EDITORIAL Redescobrindo o Nordeste de Moto 

Qual o objetivo da ADIÇÃO do ETANOL na GASOLINA

Por ACésar Veiga (REVISADO POR: Luciana Farias Pereira) Qual o MOTIVO da ADIÇÃO do ETANOL à GASOLINA? AS VANTAGENS – O veículo alcança maior potência. – Aumenta a lubrificação do “sistema de combustível” do veículo. – Há redução na emissão de poluentes. (esta afirmação baseia-se somente na menor quantidade de “gás carbônico – CO2” expelido para a atmosfera – gás este responsável pelo “aquecimento global”. Para os demais gases poluidores isso não é verdadeiro) Para saber mais sobre o “aquecimento global”: http://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/geografia/o-que-e-aquecimento-global.htm OBS 01: de acordo com o Ministério de…

LEIA MAIS!
DESTAQUES Motociclismo 

MOTOCLUBES – Entre anjos e demônios

O que é o motociclista? Cada um tem a sua própria definição, mas uma que é aceita por todos diz ser ‘aquele que pilota motocicletas’. Na filosofia motociclística podemos afirmar que ser um motociclista é ser amante das viagens, das estradas; gostar de fazer amigos. Por outro lado, a rebeldia e a busca da liberdade e todos os sentimentos que a envolvem também formam o conceito de motociclísta. Além disso, atualmente, há ainda o espírito de irmandade, fraternidade os quais conduziram para um novo motociclísta que é aquele também voltado…

LEIA MAIS!
EDITORIAL Redescobrindo o Nordeste de Moto 

Os campos de concentração que mataram centenas de milhares de cearenses entre os anos 1915 e 1932.

Se você pensava que a ideia de adotar os campos de concentração como solução final foi executada pela primeira vez pelos nazistas, enganou-se. No Ceará, 28 anos antes de Hitler, essa foi uma solução elaborada pelo governo para evitar que flagelados famintos fugindo do sertão semi-árido chegassem a Fortaleza.

LEIA MAIS!
Lançamentos Mercado Motociclismo 

Kawasaki anuncia a nova Ninja 400

Kawasaki anuncia a nova Ninja 400. Para os pilotos menos experientes a Kawasaki  propõe uma Ninja com “look” renovado e equipada com motor 400cc. A empresa da marca verde não perdeu a oportunidade de este ano melhorar a sua pequena Ninja 300, que a partir de agora passa a ser Ninja 400. Para além do design ter sofrido significativas alterações e estando agora mais aproximado a modelos de outro porte da Kawasaki, o motor bicilíndrico sobe para os 399 cc, e com isso a potência cresce para uns generosos 45…

LEIA MAIS!
Legislação Redescobrindo o Nordeste de Moto 

Brasileiros podem dirigir em 100 países apenas com a própria habilitação

A bordo de um Fiat 500, os advogados Pedro Guillhard, 34, e Mariana Fiorotto, 26, rodaram Portugal por 15 dias no mês passado. O casal precisou apresentar apenas a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para retirar o veículo de duas portas em uma locadora de carros de Lisboa. Na primeira vez em que alugou um veículo fora do Brasil, na Itália, em 2008, Guillhard fez diferente: foi ao Detran, em São Paulo, e pediu a emissão da Permissão Internacional para Dirigir (PID). Na viagem recente para Portugal com a namorada,…

LEIA MAIS!
Segurança 

Mulheres representam apenas 25% das indenizações pagas pelo DPVAT

Em 2016, foram pagas 434.246 mil indenizações pela Seguradora Líder-DPVAT por acidentes de trânsito em todo o Brasil. Desse número, apenas 25% foram para mulheres. De janeiro a dezembro de 2016, a maior incidência de indenizações pagas foi para vítimas do sexo masculino, mantendo o mesmo comportamento dos anos anteriores. A faixa etária mais atingida no período foi de 18 a 34 anos, representando 50% do total das indenizações pagas, o que corresponde a cerca de 218 mil indenizações. E esse comportamento se repete no resto do mundo. De acordo com…

LEIA MAIS!
Motociclismo 

Indenizações por morte no trânsito aumentaram 27% no primeiro semestre de 2017

As indenizações envolvendo acidentes fatais no trânsito registraram aumento de 27% no primeiro semestre deste ano, em relação aos primeiros seis meses de 2016. No total, foram 19.367 indenizações pagas para herdeiros de vítimas fatais. Já o número total de indenizações por acidentes de trânsito caiu. Foram pagos 192.187 indenizações de janeiro a junho de 2017, incluindo casos de morte, invalidez permanente e despesas médico-hospitalares. O número é 9% menor que no primeiro semestre do ano passado, quando foram registradas 210.334 indenizações. A informação é da Seguradora Líder-DPVAT, responsável pela…

LEIA MAIS!
Segurança 

Excesso de velocidade lidera ranking das infrações mais cometidas em 2017

Somente este ano, já foram registradas mais de 13 milhões de infrações por excesso de velocidade nas vias e estradas do Brasil. Em todo o ano de 2016, foram 14,9 milhões de multas aplicadas por esse mesmo motivo. Entre 2010 e 2017, as infrações relacionadas ao excesso de velocidade lideraram o ranking das mais cometidas por motoristas brasileiros. Outras infrações que estão entre as dez mais cometidas até agosto deste ano estão: dirigir sem cinto de segurança (infração grave, com 284 mil ocorrências); avançar no sinal vermelho (infração gravíssima, com…

LEIA MAIS!
Motociclismo 

Contran libera pagamento de multas e débitos do veículo através de cartão de crédito

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou nesta quarta-feira (18), entre outras, a Resolução 697/14 que permite pagar as multas de trânsito no cartão de débito ou crédito.  Além disso, o valor poderá ser parcelado, mas haverá cobrança de juros pela entidade financeira do cartão. A medida já está em vigor, porém cada órgão de trânsito precisará habilitar as operadoras de cartões para disponibilizar o serviço, que não é obrigatório. Isso quer dizer que o órgão poderá optar ou não pela nova modalidade de pagamento. Segundo o Contran, a norma veio pela necessidade de…

LEIA MAIS!
Mercado 

Revisão da Projeção: Abraciclo revisa pra baixo o faturamento de 2017 em todas as áreas

Com os resultados apurados nos nove primeiros meses, a expectativa da indústria, a partir de agora, é fechar o ano com 885.000 unidades produzidas, o que representa estabilidade com relação a 2016, quando foram fabricadas 887.653 motocicletas. A previsão inicial era de um leve crescimento, de 2,5%, chegando a 910.000 até dezembro. Já o volume para as vendas no atacado foi revisado para baixo: o que se espera é 813.000 unidades até o último mês do ano, ou seja, queda de 5,4% na confrontação com 2016. Antes, era previsto um…

LEIA MAIS!
error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.